Origens & inspirações

A criadora/responsável/proprietária/publicitária/costureira/faxineira/flanelinha/guarda-costas/faz-tudo deste espaço sou eu, a Joyde:

olar

 

 

Venho de uma jornada acadêmica que começou com a minha formação em Ciências Biológicas e passou, mais recentemente, por um doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Ou seja, nada a ver com meditação e costura, certo? Mais ou menos.

 

O maria zen surgiu de uma necessidade e várias inquietações.

 

A necessidade era pura e simplesmente viver melhor. O ambiente acadêmico pode ser um dos mais estressantes, neuróticos e egóicos do mundo e isso me atingia muito. Embora tenha alcançado conquistas que me deixam orgulhosa, também estava mais ansiosa e deprimida do que nunca. Foi aí que aprofundei minhas leituras sobre meditação e budismo, experimentei de fato a meditação e finalmente comecei a viver melhor. Independentemente das circunstâncias.

 

Mas eu precisava de um zafu para meditar! Ia participar de um curso de meditação Vipassana de 10 dias e decididamente precisava de um, sobretudo por conta da minha lesão na coluna. E não encontrei pra comprar. Nada. Zero. O único lugar achado em Curitiba não me respondeu a tempo, as lojas virtuais eram ridiculamente caras. Então resolvi eu mesma fazer um zafu. Nascia a primeira Zeniane ( <3 ): grande demais, pesada, desengonçada, feita de retalhos de tecido velho de sofá, já se desintegrando.

 

Algumas aprimorações depois já me sentia segura para oferecer Zenianes aos amigos e desconhecidos. Porém, não queria perseguir uma simples venda de almofadas artesanais.

 

 

 

 

 

 

 

 

A meditação me trouxe tanto, me enriqueceu tanto, que gostaria que todos usufruíssem disso também. Ela deve estar ao alcance de todos que a quiserem encontrar (ou serem encontrados por ela)! Sendo assim, a minha contribuição para que isso aconteça se dá por uma combinação bem simples: informações & zafus.

 

As informações são tanto para quem não sabe nada sobre meditação quanto para pessoas que já a praticam, não importa a linha. A intenção é trazer dados atualizados e de fontes confiáveis sobre as suas características gerais, benefícios e novas descobertas, além de desmistificar alguns dos (muitos) mitos relacionados à meditação e divulgar a linha Vipassana.

 

Os zafus são feitos de maneira artesanal, com materiais de fabricação nacional de empresas certificadas socioambientalmente e 100% de acordo com o teu gosto. Ofereço assessoria para escolher cores e estampas, mas a decisão final é toda sua. E, tão importante quanto, não quis que esse cuidado tornasse o preço das Zenianes abusivo, como muito se vê por aí. Todo mundo tem que poder comprar uma se quiser. Nem que seja parcelando em 12x (e eu me certifiquei de que dê pra fazer isso) ou trocando por produtos/serviços.

 

 

 

 

 

 

 

 

A intenção com a escolha do nome era dupla. A primeira delas era mostrar, logo de cara, que se tratava de um espaço sobre meditação - daí o "zen". Não há nenhuma ligação direta com o Zen Budismo aqui, apenas com um termo que se tornou popular e é facilmente identificável.

A segunda foi usar um nome comum, simples de lembrar, ao alcance de todos. Escolher uma palavra em páli ou sânscrito arcaico com um significado maravilhoso, mas que ninguém entende ou sabe escrever, vai no sentido contrário dos objetivos do maria zen.

 

Maria também foi o nome de uma das minhas pessoas favoritas no mundo, minha vó (e será o nome da minha futura - e muito hipotética - filha). Ela também costurava e, apesar de sequer ter sabido o que era meditação durante a sua vida, foi um exemplo de pessoa iluminada. Tenho certeza de que ela teria ficado muito feliz com os meus novos intentos e teríamos horas e horas de conversas sobre isso enquanto preparássemos almoços e eu ralasse o queijo. Ela detestava ralar queijo.

 

Assim, o maria zen também é uma homenagem (e um naco do meu amor).

Valores & objetivos

Sobre o nome